Play
00:00

Cê Lá Faz Idéia Lyrics

PYONG!
1

You pyonged “Emicida – Cê Lá Faz Idéia”

Publish Note No Thanks
Follow Share

[Verso 1]
São regras do mundão
Perdi as contas de quantos escondem a bolsa se eu digo: que horas são?
Taxista perguntam mais que os policiais a mim, sim
Indescritível como é ruim

Nasci vilão, só veneno
Com o incentivo que me dão, errado tô se eu não virar mesmo
Suor na cara, levando currículo, cara
A pé porque onde eu moro, o buso não para
Pé de barro, meio dia
Inspirando piada nos boy, transpirando medo nas tia
Tudo é tão óbvio
Cê não vê e vai juntando ingrediente da bomba relógio
Eu sinto dor, eu sinto ódio
É quente, sem nem saber o nome dessa gente
Católica, de bem, linda
Se já notou, e ó que eu nem falei a minha cor ainda

[Refrão]
Cê lá faz ideia do que é ver, vidro subir, alguém correr quando avistar você?
Não, cê não faz ideia, não faz ideia, não faz ideia

Cê lá faz ideia do que é ver, vidro subir, alguém correr quando avistar você?
Não, cê não faz ideia, não faz ideia, não faz ideia

[Verso 2]
Explica pra assistente social
Que pai de gente, igual a gente, não sabe usar a mente, só o pau

Que quem educa nóiz, na escola estadual
Joga na cara toda manhã o quanto ganha mal

Que é incrível
Quantos da gente sentam no final da sala pra ver se ficam invisível
Calcula o prejuízo
Nossas crianças sonham que quando crescer vai ter cabelo liso
Sem debater, fato
Que a fama da minha cor fecha mais portas que zelador de orfanato
Cê sabe o quanto é comum, dizer que preto é ladrão
Antes mesmo de a gente saber o que é um

Na boca de quem apoia a desova
E se orgulha da honestidade que nunca foi posta a prova

Eu queria te ver lá, tiriça
Pra ver onde você ia enfiar essa merda do teu senso de justiça


[Refrão]

Song lyrics have been changed by someone else. Copy your work to your clipboard and click here to reload.
Play
00:00