Emicida – Pequenas Empresas Lyrics

Produced By: Beatnick & K-Salaam
PYONG!
0

You pyonged “Emicida – Pequenas Empresas”

Save Note No Thanks
Follow
Caution: You are now annotating this song as

[Refrão]
Corre, loco, esquina, sente o clima
Matéria prima e vai
Tempo é pouco, a firma, segue em cima
Paga, pega e sai
Na zona norte? (Ok)
Na zona oeste? (Ok)
Na zona leste?
Na zona Sul? (Ok)
No interior?(Ok)
Outros estados? (Ok)
A meta é o mundo? (Ok) ou mais

[Verso 1: Don Pixote]

Aprovei, deixa misturado cafeína ok
Faz o giro eu sei, matéria prima pra vender achei
Os mano vem em mim, eu colei com o santo rei
Viro em dobro tio, eu gostei, do que contei
Sai do lab. Que é fantasma, vários pino, já mandei
A raspa é pra rapa, o resto tem o Fabinho, e o Ney
Os cara desafia a lei, no octógono do sei sei
Tá na batalha e curtindo a mais de três
De certa volta ao mundo Eu sei que não vai dar
Vai colher seu trabalho, o fruto que plantar
A sua matéria prima não pode misturar
A qualidade é muito baixa vai prejudicar
É só você pensar e saber onde prensar
Para mim tanto faz, seja aqui ou lá
Tenta sorte eu falo pra você vem ver
No crime os dez mais é a hora os preto no poder

[Refrão]

[Verso 2: Emicida]

Livre de impostos, em nossos postos
Enfim, gosto assim
Mentes e corpos clean
Lótus, mizinfim hã
Colho louros da fama
Onde plantaram Vietnã
Filhos da ditadura
Netos da escravidão
Justiça obscura
Flerto na terra do mensalão
Pode pá
Vende mais que vick pra tosse
A hipocrisia da elite
Fez meus hit vira oxi, Alá
Ver as mais sinistra ação
Fazer disso meu curso de administração
Banto num campo de concentração
Amigo se o justus partísse daqui
Teria desistido
E nós não
Mandamo nossos menino
De mochila cheia
Vivendo pelos hino
Fazendo cara feia
Pros porco enquadrar na febre
Gritando "cadê?"
Faz seu trampo, gambé
O nosso é vender cd


[Refrão]

[Verso 3: MV Bill]

Foi preciso ter visao alem do alcance
O campo foi minado e eu ligado que não ia ter segunda chance

Mente livre, sonhador
Versos musicados causam alegria e dor
Multidoes esperam que a voz não cale
A palavra vem rimada, é sincero, é o que mais vale
Colhendo louro onde enterraram os preto
Só na pele e osso com o apelido de esqueleto
Eu vi,malandro desistir humilde investir
Na meta de um sonho construir
Sem facção,com foco na visão
Na mochila umas letras de rap
Só traficando informação

É nós, iluminando o lugar
Solta a voz,com coisas boas pra contar
Portas se abriram,novas vozes surgiram
Salva de palmas para aqueles que no sonho investiram

[Refrão]

Edit song description to add:

  • Historical context: what album the song's on, how popular it was
  • An explanation of the song's overall story (example: "In this song, Eminem corresponds with a crazed fan who ends up...")
  • The sample used for the beat — use WhoSampled.com and wikipedia as references
Song lyrics have been changed by someone else. Copy your work to your clipboard and click here to reload.